Buscar
  • Gaby Beraldo

O que fazer quando não dá para comprar?


Quem planejou a viagem de férias antes da alta do dólar e agora não sabe o que fazer com o tempo livre, já pode sorrir. Este ano já estão rolando (e ainda vão acontecer) várias exposições focados em moda, que vão aliviar a tristeza de quem teve que reduzir a lista de compras e vão custar bem menos.

Nova York

Quem vai para Nova York, pode se divertir no Fashion Institute of Technology. A escola está exibindo a exposição “Fairy Tale Fashion”, que reúne 80 peças entre acessórios e roupas, usando como referência looks de personagens de contos de fada. Também no FIT, acontece a mostra “As Mulheres da Harper´s Bazaar 1938 – 1958”, que apresenta os três ícones da revista: Diana Vreeland, Carmen Snow e Louis Dahl- Wolfe e a forma com que elas mudaram a maneira de vestir das mulheres de sua época.

No Metropolitan Museum of Art, a mostra ¨Manus x Machina – Fashion in an age of technology”, que apresenta 100 peças que vão desde a fundação da alta costura à vestidos impressos em 3D. O objetivo do projeto é reexaminar a oposição entre o artesanal e o industrial no processo de produção e criação de moda.

Se você quiser se sentir um participante do programa “Project Runway”, você pode programar um passeio à pé, guiado, pelo Garment District. O tour passa pela famosa loja de tecidos Mood, por showrooms e outros espaços exclusivos voltados para a moda.

Quem prefere uma experiência interativa, pode ir ao Museu da Cidade de NYC e visitar a mostra ”Dressing Room: Archiving Fashion”, que permite ao visitante acompanhar uma sessão de produção com o acervo de moda do século passado.

E o Jewish Museum celebra os mais de 30 anos de carreira do divertidíssimo designer Isaac Mizrahi.

Paris

Na Cidade Luz, o que não falta é oportunidade de respirar a moda. Comece pela recém inaugurada Fundação Louis Vuitton e siga para a exposição “Barbie” no Museu de Artes Decorativas.

Depois, delicie-se com a exposição “ Fashion Forward: trois siècles de mode (1715-2015), no mesmo Museu de Artes Decorativas. São 300 peças de ícones como Elsa Schiaparelli e Chanel, que vão fazer qualquer amante da moda suspirar.

Londres

Intitulada ‘Fashion Rules: Restyled’, a exposição no Palácio de Kensington faz um passeio pelo acervo da realeza. São peças da Rainha Elisabeth, da Princesa Margareth e de Lady Di, das décadas de 50 a 90.

A National Portrait Gallery comemora o centenário da revista Vogue UK com a mostra “'Vogue 100: A Century of Style”, apresentando mais de 280 fotografias tiradas ao longo dos últimos 100 anos.

O Victoria & Albert Museum, famoso pelas suas exibições incríveis, tem programada para este ano a mostra ‘Undressed: A Brief History of Underwear”, sobre a história da lingerie

Além dos museus, duas atrações imperdíveis são a Harrod´s e a Fortnum & Mason, duas lojas centenárias da cidade. Apesar dos preços proibitivos, vale a pena passear pelos corredores e se divertir com os produtos para lá de inusitados. Se você não resistir a gastar um dinheirinho, tome um café na praça de alimentação de qualquer uma das duas: é como estar no chá de “Alice no Pais das Maravilhas”.

Na Italia, você pode se perder nos museus da Gucci e da Ferragamo e na Galeria Del Costume, em Florença, no Museu Armani, em Milão.

Antes de programar suas visitas na Europa, cheque os sites dos museus e veja o dia da gratuidade e descontos especiais.


0 visualização