Buscar
  • Gaby Beraldo

Caimento é tudo


A peça é linda, de uma marca incrível, custou uma fortuna e, mesmo assim, você não fica satisfeita quando veste. Por que? Já pensou que a culpa pode ser do caimento?

Modelagem, corte e qualidade do tecido são itens importantes a serem considerados quando compramos uma roupa, mas o fundamental é saber se foi criada para o seu tipo de corpo.

Por isso, experimente cada peça e veja como ela transforma a sua imagem. Olhe de frente, de lado e de costas. Observe se o local do bolso dá a impressão de que seu bumbum é maior, se a cava permite que você movimente seus braços confortavelmente..A prega da calça abriu, a casa do botão não fecha ou a altura da bainha deixa suas pernas mais curtas? A peça não está caindo em em você.

Teste uma numeração maior e não se incomode com o número na etiqueta - ele varia de loja para loja - se vestir bem na maior parte do seu corpo, por exemplo, o quadril, você pode fazer ajustes na cintura ou na bainha.

Sim! Você pode fazer ajustes para adaptar a peça ao seu corpo. Aumentar a abertura da gola, fechar um bolso, subir uma bainha, diminuir uma cintura são ajustes rápidos e essenciais para um bom caimento. Eu mesma costumo fazer bainha de camisetas de malha para que elas fiquem exatamente no meio do meu quadril.

Por isso, anote aí o que você precisa checar antes de comprar uma peça:

Cós - o ideal e ter um espaço mínimo de dois dedos

Decotes - não devem esgarçar, dobrar ou enrrugar

Forros - não devem aparecer na bainha, marcar o tecido que vai po cima ou embolar

Fendas - devem ser retas e fechadas, abrindo-se somente com o movimento da pessoa

Saias - devem sempre ter uma folga de 5 cm no quadril para não prender o movimento nem estourar a costura na hora de sentar.

#caimento #elegancia #tipofisico #ajustesderoupa

7 visualizações