Buscar
  • Gaby Beraldo

Você compra com inteligência?


Se você é daquelas que faz uma limpeza no armário (se não é, deveria ser) a cada 6 meses para tirar as peças que não usa mais (seja qual for o motivo), o que você tira e o que mantém? Se sua reação ao abrir o armário é "onde estava com a cabeça quando comprei?" , é porque você está comprando por impulso.

Eu tenho peças - que servem, OK? - que têm mais de vinte anos. Ainda uso um bota cowboy que comprei em 1990 e uma jaqueta de couro comprada em 2004. A calça de couro Frankie Amaury que ganhei no meu aniversário de 21 anos está em perfeito estado - mas eu estava magérrima na época então, estou "trabalhando" para fazer caber no aniversário de 42. (está quase!)

Mas, o ponto que quero fazer é no que - e quanto investir - na hora de comprar. Muita gente se apaixona pelo produto, sem pensar na funcionalidade da peça e acaba com um armário cheio de "nada", porque uma peça não coordena com a outra.

Cor, modelagem, funcionalidade...tudo isso deve ser considerado na hora de investir seu dinheiro. Jaqueta de couro branca, de franja. Suuuper na moda na temporada passada. Quando você vai usar de novo? Jeans grifado com aplicação? Quantas vezes você vai usar?

Não quero dizer que você não pode ter peças "tendência da estação" nem que precisa usar apenas cores neutras (eu uso e sou feliz assim, mas esse é o MEU estilo pessoal e os tons são os mais adequados a minha coloração pessoal), mas que você deve comprar racionalmente. Como assim?

Antes de comprar, pense:

1. Quanto tempo vou usar essa peça

2. Esse item combina com mais de 4 itens do meu guarda-roupa?

3. Posso usar essa peça em diferentes situações? Exemplo: lazer, trabalho, de dia, à noite

4. Combina comigo?

5. A peça cabe em mim HOJE?

Assim, você terá boas peças e vai usar seu dinheiro com mais inteligência. Gaste o quanto seu orçamento permitir em peças atemporais, clássicas e que vão ficar alguns anos no seu guarda-roupa.

Dá para ficar na moda e usar as últimas tendências comprando em fast fashion. Pense nisso! Se você acha que não consegue ou tem dificuldade em reconhecer peças atemporais, contrate a consultoria de estilo. Escreva para gabriela@gabyberaldo.com e saiba mais!

#fastfashion

0 visualização