Buscar
  • Gaby Beraldo

Estilo em tempos de crise


Muita gente acha que ter estilo depende de dinheiro. É claro que, se houver verba, é possível contratar especialistas e ter à disposição um guarda roupa perfeito para as necessidades. Mas, não é o orçamento que define o estilo.

Conheço muita gente - e trabalhei com outras tantas, como consultora - que tinham um budget limitado para as compras e que conseguiram criar um novo estilo pessoal com muita criatividade.

Como isso é possível? Primeiro, é preciso saber o que há no armário e fazer o exercício de combinar cada uma delas de uma forma diferente do que já foi feito até então.

Depois, avalie seu acervo de acessórios: bijouterias, lenços, cintos, sapatos e bolsas. Veja o que tem no armário da sua mãe, da sua avó ou da sua melhor amiga e troque com elas aquelas peças com as quais você não se identifica.

Não achou nada interessante? Pesquise as lojas de departamento e de fast fashion, as feiras de artesanato, de moda e até o camelô da esquina. Você pode encontrar verdadeiras "joias". Os brechós online são excelentes alternativas para comprar aquela peça mais cara que você acha que falta no armário.

Por último, espalhe tudo em cima da sua cama e brinque de quebra-cabeça. Fotografe, experimente, troque itens e repita a operação até ter um álbum de looks que você ama.

Lembre-se de que, nada disso vai adiantar, se você não estiver com um sorriso no rosto e cabelo e maquiagem organizados. Maquiagem de farmácia custa pouco e faz bem para a autoestima!


0 visualização