Buscar
  • Gaby Beraldo

Quando o dresscode é semi formal


Códigos estabelecidos de vestimenta são sempre uma questão. Tanto na vida pessoal quanto na profissional, nos deparamos com convites ou situações que demandam um determinado dresscode.

No ambiente corporativo formal (escritórios de advocacia e bancos de investimento, em geral), o código é bem definido e não precisa nem estar por escrito: é só passar os olhos pelo ambiente e notar os ternos e camisas em tons neutros e cores discretas, e bem clássicas. Se é este o segmento em que você trabalha e seu guarda-roupa não reflete o que acabei de descrever, você está fazendo errado!

Mas, e quando o ambiente é semi formal? Empresas de ramos tradicionais que exigem algum nível de formalidade mas não muito. É o tal do "business casual".

O dresscode semi formal nada mais é do que a combinação de peças de alfaiataria (blazer, calças e saias) com outras peças de tecido mais leve ou de modelagem mais esportiva. Significa poder usar blazer e calça de brim ou calça social com blusa de linha. Lembre-se de que o equilíbrio entre os estilos formal e casual é o que deixa a vestimenta adequada ao ambiente de trabalho.

Se você não trabalha em moda, arquitetura, design ou publicidade, deixe o tênis para o final de semana, mesmo que você esteja de terno. Se o objetivo é conforto, use sapatilha ou mocassim.

Camisetas de malha com dizeres ou estampas também estão fora do business casual. Vale a T Shirt lisa por baixo de uma terceira peça mais formal: blazer, jaqueta ou cardigã. As cores podem ser mais alegres e estampas são bem vindas.


22 visualizações