Buscar
  • Gaby Beraldo

Imagem profissional x pessoal


Em tempos de mídias sociais e conteúdos compartilhados, vem crescendo a preocupação das empresas com o impacto da imagem pessoal de seus funcionários.

A máxima "a primeira impressão é a que fica" não corresponde apenas às interações sociais. Ela é particularmente importante quando se trata de um evento ou encontro profissional. Neste caso, a imagem pessoal do funcionário representa suas próprias capacidades técnicas e as da empresa.

Assim como o cartão de visitas foi a forma que utilizavamos para manter ou estabelecer contato com fornecedores, clientes e parceiros, as redes sociais passam a ocupar este espaço, antes mesmo da primeira interação. Hoje, #google, #linkedin e até mesmo um perfil aberto no #instagram pode direcionar o julgamento que fazemos de alguém, evitar uma contratação ou mesmo abrir precedentes para uma reavaliação profissional.

Por isso, cada vez mais companhias têm monitorado mídias sociais de funcionários e acompanhado suas interações, sobretudo quando há menções - ainda que um mero "check in" no endereço - aos clientes.

Funcionários, por sua vez, precisam avaliar como estão se posicionando digitalmente. A linha entre o profissional e o pessoal já não existe mais. Não é censura ou pudor, mas sim uma forma estratégica de se apresentar, deixando claros seus propósitos, competências e inteligência emocional. Você será julgado, querendo ou não, então o melhor a fazer é direcionar esta avaliação para que ela corresponda o máximo possível a realidade.

#imagemprofissional #imagemnotrabalho #imagemdigital #redessociais

10 visualizações