top of page
Buscar
  • Gaby Beraldo

O que é um "armário inteligente"?




Pesquisas mostram que só utilizamos 20% do que temos no nosso guarda-roupa. Os outros 80% é composto de peças que compramos por impulso, por influência social ou pela sensação de estarmos fazendo um bom negócio. Por isso, é tão comum dizermos, diante de um armário cheio, que não temos nada para vestir.


A incompatibilidade entre seu desejo de imagem e seu armário não tem a ver com o número de peças que você tem e sim com a falta de planejamento das suas compras. E não estou falando de orçamento e sim de objetivos.


Ter um armário inteligente, ou cápsula, vai muito além do minimalismo ou do monocromático. É entender como você quer que suas roupas representem quem você é, nos ambientes que você transita. Vou dar um exemplo: você mora no Rio de Janeiro e não viaja para a Europa todo ano, no inverno. Para que você precisa de vários sobretudos? Ou, se você não tem o hábito de ir a lavanderia ou ajuda para lavar suas peças a mão, porque vai ter várias blusas de seda? Não faz sentido, certo? Você vai "economizar" a peça o quanto você puder. E num determinado momento, vai esquecer que ela está no seu armário.


A quantidade de peças sem função ou pouco versáteis também impede a visualização daqueles itens que você gosta e que podem ser a base de um look interessante.


A falta de organização também faz com que você esqueça do que tem e compre, repetidas vezes, o mesmo item. Separe camisas, calças, saias e blusas, por cor, num mesmo espaço. Junte regata com regata, short com short etc. Determine um lugar específico para itens com função determinada, como vestidos de festa, fora do quarto, para facilitar a visualização das peças do dia a dia. O mesmo funciona para os sapatos e bolsas.


Um armário inteligente não é montado apenas com tons neutros ou peças lisas. Ele precisa ser inteligente para você e ser composto com cores e estampas - se for o caso - que representem sua personalidade e desejo de imagem. A paleta de cores - seja ela qual for - também precisa ser coordenável e inteligente. Por exemplo, se você ama vermelho, laranja e azul, as estampas precisam combinar com pelo menos uma destas cores, para que você possa aproveitar ao máximos as possibilidades e não se restringir a coordenar estampas com branco.

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page