Buscar
  • Gaby Beraldo

Qual é a sua maior frustração na hora de comprar?



Você volta frustrada ou com a autoestima baixa a cada vez que sai as compras? Saiba que não é a única. Adquirir uma peça que caia como uma luva pode ser uma tarefa inglória, mesmo que você esteja espectro da numeração 38/40.


Seja porque você é mais alta ou tem mais curvas que a média das mulheres, a experiência de compra pode ser muito frustrante e isto não tem nada a ver com você!


A indústria da moda, principalmente no Brasil, não tem modelagens padronizadas. É muito comum vestir peças de numeração e caimento diferentes, de uma mesma loja. Eu, por exemplo, tenho calças 40, 42 e 44 de uma mesma marca, que me servem igualmente.


A luz branca do provador também pode levar você a pensar que não está no melhor dia. Além de deixar qualquer uma abatida, a direção da iluminação pode criar sombras que não existem no seu rosto.


E, finalmente, o atendimento. Aquela vendedora que tenta ser simpática, dizendo que você ficou "mais magra" com determinada peça ou que "está ótimo", porque não tem repertório ou paciência para vender, também podem comprometer sua autoconfiança.



Por isso, é importante você se conhecer, saber quais são as marcas que melhor atendem suas necessidades (de vestuário e de experiência de compra) e entender as formas do seu corpo, para fazer com que as roupas trabalhem a seu favor.


Simplificar o vestir é saber o que deixa você bem. Emocionalmente, fisicamente e financeiramente.

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo